Ouça música do Tuatara, projeto paralelo do Mike McCready

140721-tuatara-peter-buck-stream-album-f424

Como anunciamos há um tempo atrás, o Mike McCready está participando do Tuatara, projeto que reúne além do Mike o Barrett Martin do Screaming Trees, Peter Buck do antigo REM, Justin Harwood (Luna e The Chiils) e também Skerik (um saxofonista de Seattle). Vale a pena lembrar que Barrett Martin fez parte do Mad Season junto com o Mike. O nome do disco será Underworld. Para ouvir a música Snakecharmer liberada hoje basta clicar aqui. Certamente vale a pena conferir por se tratar de um som totalmente experimental e diferente.

Krist Novoselic sai em Defesa do Eddie

640x360

Na última semana, após o show do Pearl Jam em Milton Keynes, onde o Eddie fez um discurso contra a guerra no Oriente Médio, e também após sua carta aberta sobre o assunto, uma grande polêmica acerca do assunto foi criada.

Após Neil Young cancelar um show em Israel, agora é a vez de Krist Novoselic, baixista do Nirvana, dar sua opinião e defender o Eddie por sua ação. Ele publicou uma mensagem em seu blog onde agradece ao Eddie por ter pedido a paz no mundo. Abaixo, um pequeno trecho do texto e o link para ler a matéria completa:

“It is the knuckleheads on both sides that should be criticized and not the singer from a rock band. In addition, both sides need to make hard decisions about finding a settlement to the catastrophe that is Israel/ Palestine.”

“São os babacas dos dois lados que devem ser criticados, e não o cantor de uma banda de rock. Além disso, os dois lados devem fazer decisões contundentes para achar um acordo e acabar com a catástrofe que é o conflito Israel/Palestina.” (tradução nossa)

Link da matéria: http://kristnovoselic.blogspot.com.br/2014/07/standing-with-eddie-vedder-and-real.html?spref=tw

Download dos Shows 2013 – Vídeos e DVD Audience

Sem título

Como todos sabem, ao longo dos anos muitos fãs começaram a filmar os shows do Pearl Jam e acabam montando um dvd com as melhores imagens e sincronizado com o áudio do bootleg oficial. Na turnê de 2013 pelos Estados Unidos não foi diferente. Com a qualidade dos shows e os setlists longos e incríveis, trazemos aqui uma compilação do que saiu até agora. Com certeza é uma boa opção para quando tiver um tempo livre. Todos os downloads são por Torrent, mas há também a opção de assistir online pelo Youtube. A maioria dos Torrents está em Blu-Ray. Assim, a melhor qualidade também ocasiona o aumento no tamanho do arquivo.

21/10/2013 – Philadelphia – Link Torrent Link Youtube

15/11/2013 – Dallas – Link Torrent  Link Youtube

16/11/2013 – Oklahoma – Link Torrent Link Youtube

19/11/2013 – Phoenix – Link Torrent Link Youtube

30/11/2013 – Spokane – Link Torrent Link Youtube

04/12/2013 – Vancouver - Link Torrent Link Youtube

06/12/2013 – Seattle – Link Torrent Link Youtube

18 de Julho: Eddie Vedder em Portugal

Super_Bock_Super_Rock_620

Cidade: Meco

País: Portugal

Data: 18/07/2014

Local: Super Bock Super Rock Festival

Hora: 1:00am (21:00h de Brasília)

__________________

SETLIST:

01. Corduroy (on acoustic guitar)
02. Throw Your Arms Around Me-(Archer, Falconer, Howard, Miles, Seymour, Smith, Waters)
03. Brain Damage-(Waters)
04. Sometimes (sung outro-improv or tag-no internet to check)
05. Wishlist
06. Can’t Keep
07. Sleeping By Myself
08. Without You
09. Tonight You Belong To Me w/ Cat Power-(Rose, David)
10. Needle And The Damage Done-(Young)
11. Just Breathe
(Ed talks about his uncle John and explains why he is wearing the Chicago Bears jersey.  He also notes that the Pearl Jam tour started in Amsterdam and that almost two hundred of the deaths on the plane shot down were people from the Netherlands.  Ed wants them to know that the people of the Netherlands are in his thoughts and that this is just one more reason that we have to stop having wars.)
12. I Am Mine
13. Guaranteed
14. Far Behind
15. Rise
16. Immortality
17. Masters Of War w/ Paulo Furtado “The Legendary Tiger Man”-(Dylan)
18. You’ve Got To Hide Your Love Away-(Lennon, McCartney)
19. Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
20. Portugal (improv)
(if you are anti war it doesn’t make you pro one side or the other.  It does, however, make you pro many things.  Pro peace, pro human, pro evolution, pro communication, pro diplomacy, pro love, understanding, forgiveness.  Some people can’t understand how you can be pro soldier.  But if you are pro peace you are pro soldier because you don’t want the soldier put in harms way….Sometimes when you speak out people misunderstand what you mean but if you don’t speak out…)
21. Imagine-(Lennon)
22. Unthought Known
23. Last Kiss w/ Simon Good-(Cochran) {Simon is Ed’s friend and guitar tech as well as being a friend and guitar tech for Glen Hansard}
24. Better Man
25. Lukin Intro (with improv lyrics-different than other slow Lukin’s)
26. Lukin
27. Black (Crowd sings with Ed just giving the tops of lines)
28. Porch
29. Hard Sun w/ Cat Power, Paulo Furtardo and guests-(Peterson)
30. Rockin’ In The Free World-(Young)

Destaque: Imagine (John Lennon).

Vídeo Imagine:

Eddie Vedder – Imagine (live in Portugal) por sheehanpaul-ie

POSTER:

1910265_10204003216138111_247876499041162008_n

FOTOS:

10488308_10204003217058134_8929952950999182416_n

 

Hoje a tarde (18/07)  o Eddie apareceu em uma praia em Portugal onde tocou para algumas pessoas sortudas que puderam apreciar o momento:

65951_344675392346354_2526361513368432018_n 10250233_344675395679687_7874829519669777930_n

Eddie Vedder Publica Carta Falando Sobre Guerra, Paz e o Ser Humano – Leia a Tradução Aqui

"Dói, não importa de que lado as bombas estão caindo."

“Dói, não importa de que lado as bombas estão caindo.”

Em um ato excepcional da parte do Eddie, ele resolveu publicar uma carta na página oficial do Pearl Jam respondendo às críticas que sofreu por ter feito um discurso sobre a guerra, em particular, e o que ficou implícito para a maioria das pessoas, o conflito entre Israel e Palestina.

Traduzimos o texto, mantendo tudo o que o Eddie quis transmitir com as suas belas palavras:

IMAGINE QUE — EU AINDA SOU ANTI-GUERRA

“A maioria de nós já ouviu John Lennon cantar:

‘You May say I’m Dreamer,… But I’m not the only one.’

(Você pode achar que sou um sonhador, mas eu não o único.)

E alguns de nós, depois de mais uma dose matinal de notícias cheias de mortes e destruição, sentimos a necessidade de se aproximar de outras pessoas para saber se não estamos sozinhos nesse ultraje. Com mais ou menos 12 conflitos diferentes sendo transmitidos no noticiário todos os dias, e com as estórias tornando-se cada vez mais horríveis, os níveis de tristeza acabam ficando insuportáveis. E o que fica do nosso planeta quando a tristeza se torna apatia? Porque ficamos todos desamparados e em seguida viramos a cabeça e também a página.

Atualmente, sinto-me cheio de esperança. Essa esperança floresceu das multidões de fãs em shows que a nossa banda teve a sorte de tocar, noite após noite, aqui na Europa. Ver bandeiras das mais variadas nações, e ter essas grandes plateias reunidas alegre e pacificamente é a inspiração perfeita para transmitir de maneira enfática o que quero dizer. Quando tento fazer um apelo por mais paz no mundo em um show de rock, isso é na verdade um reflexo dos sentimentos de todos aqueles que temos proximidade para que, assim, tenhamos um melhor entendimento do todo.

Isso não é algo que irá acabar muito em breve. Chame-me de ingênuo. Eu prefiro ser um ingênuo, sincero e esperançoso do que um conformado em não dizer nada por medo de ser mal-interpretado ou sofrer retaliação.

A maioria dos seres humanos do planeta são mais compelidos a buscar o amor, saúde, família, alimento e proteção do que qualquer tipo de guerra.

A guerra dói. E dói não importa de que lado as bombas estão caindo.

Com todos os avanços globais em tecnologia moderna, expansão da comunicação e dispositivos de informação, desvendando o genoma humano, robôs mecânicos andando em marte, etc, nós realmente temos que nos conformar com a realidade devastadora de que conflitos só podem ser resolvidos com bombas, assassinatos e atos de barbárie?

Nós somos uma espécie extraordinária, capaz de criar a beleza, capaz de avanços inspiradores. Nós temos que ser capazes também de acabar com conflitos sem que sangue tenha de ser derramado.

Eu não sei como conciliar o pacífico arco-irís de bandeiras que vemos todas as noites em nossos shows com as notícias diárias de conflitos ao redor do globo e das suas horríveis consequências. Eu não sei como tratar o sentimento de culpa e cumplicidade quando ouço que uma família foi morta por um “drone” americano. Mas eu sei que não podemos deixar a tristeza se transformar em apatia, e sei também que somos melhores quando apoiamos uns aos outros.

‘I hope someday you’ll join us,…’

Por favor escutem o que esse homem disse.”

Eddie Vedder

Especial: Eddie Vedder em Portugal

Nesta sexta-feira o Eddie Vedder subirá ao palco do Super Bock Super Rock Festival, em Portugal. E como o país europeu é o terceiro que mais acessa nosso site, decidimos fazer um breve resumo da relação do país com o Pearl Jam.

Até o momento foram 7 shows do Pearl Jam em Portugal e 1 show solo do Eddie. A primeira vez foi durante a turnê do No Code em 1996 e a última em 2012 com a passagem do Eddie pelo Festival do Sudoeste. Durante a turnê de 2006 do Pearl Jam dois shows foram realizados em Lisboa e o Eddie foi presenteado pelos fãs portugueses com um cavaquinho.

ed em lisboa

De acordo com a revista Blitz!, o Eddie já está em Portugal onde tem aproveitado para tirar férias após a histórica turnê do Pearl Jam pela Europa. De fato, em diferentes oportunidades o Eddie já falou sobre a beleza das praias portuguesas. Um fato interessante ocorreu em um show do Pearl Jam no Optimus Alive Festival, em 2010. Foi o último show da turnê europeia e o Eddie disse: “Obrigado por virem ao nosso último concerto. Não o último de sempre, mas o último em muito tempo.” Muitos entenderam como se o Pearl Jam estivesse dando uma pausa e todos ficaram se perguntando como isso seria possível. Até que uma pessoa ligada ao Ten Club corrigiu a frase e disse que o Ed havia se expressado mal. O que ele queria dizer, na verdade, era que seria o último show da turnê. A longa pausa durou 3 meses, até a apresentação no Bridge School de 2010, a última vez da banda lá (em 2011 o Eddie se apresentou sozinho).

A revista Blitz, por sinal, sempre traz novidades e entrevistas sobre o Pearl Jam. Trazemos abaixo uma reportagem da mesma revista em 2012 especialmente sobre o Eddie. A matéria, embora com muitas histórias repetidas (como por exemplo sobre o pai dele) é interessante em muitos aspectos. Para ler, basta clicar na imagem para ampliá-la.

003 004 005 006 007 008