Setlist do Eddie em Florença – 24/6/2017

19401999_642145445984119_8070180740241715046_o.jpg

Ontem o Eddie tocou em Florença e fez um excelente show (pra variar)!!! Abaixo, o setlist da noite:

Ed On Stage  10:40
Ed Off Stage  12:47ish
Intro Music: Tuolumne

01. Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
(addresses audience in Italian)
02. Wishlist
03. Immortality
04. Trouble-(Stevens)
05. Brain Damage-(Waters)
06. Sometimes
07. I Am Mine
08. Can’t Keep
09. Sleeping By Myself
10. Far Behind
11. Setting Forth
12. Guaranteed
(Ed says Italy will always mean the world to him because that is where he met his wife)
13. Rise
14. The Needle and The Damage Done-(Young)
15. {instrumental section from Ed’s version of Millworker}
16. Unthought Known
17. Black (Ed lets the audience sing the “I know someday you’ll have…”  bridge section on their own)
18. Lukin
19. Porch
20. Comfortably Numb-( Gilmour Waters)
21. Imagine-(Lennon, Ono)
22. Better Man/Save It For Later-(Charley, Cox, Morton, Steele, Wakeling)
23. Last Kiss-(Cochran)
24. Untitled
25. MFC
26. Falling Slowly-(Hansard, Irglová) with Glen Hansard singing lead and playing guitar, Ed sings harmony and lead on bridge.
27. Song Of Good Hope-(Hansard) Ed sings lead, Glen plays guitar and sings harmony.
{Ed goes to the barricade and interacts with the audience while singing. For the third voice he goes back to the second barricade and stands on it.}
28. Society-(Hannan) w/ Glen Hansard
29. Smile-w/ Glen Hansard
30. Rockin’ In The Free World-(Young)
31. Hard Sun-(Peterson) with Glen Hansard, Graham Hopkins, Joe Doyle, Ruth O’Mahony-Brady

Anúncios

Análise: W.M.A

IMG_0016

Um álbum chamado Versus não poderia deixar de conter uma música com letra política nele. E nessa pegada a experimental, W.M.A cumpre seu papel de forma crua. Mesmo que incrivelmente o Pearl Jam tenha negligenciado maior atenção à W.M.A, a escolha do acabamento dessa música a deixou incrivelmente independente dentro de um disco tão amarrado ao que a banda vivia no auge do sucesso.

A bateria tribal, as vozes de Eddie ecoando, me fazem pensar que W.M.A é além de uma música, um ritual. Uma exclamação poderosa (a quem entender) sobre coisas que o mundo tenta abolir a séculos. De forma categórica, W.M.A seduz o ouvinte a coletar palavras soltas, dúbias e totalmente interpretativas, e ao longo dos seus quase 6 minutos ela vai aumentando sua intensidade e nos apresentando um instrumento por vez, mostrando-se dissecada e como eu disse anteriormente, crua.

Analisar W.M.A é viajar para dentro da cultura norte-americana (principalmente) e mundial de uma certa forma. O racismo existe sim, infelizmente. As referências à essa pratica criminal são encontradas ao longo de toda a letra de W.M.A. Aliás, W.M.A significa White Male American (homem branco americano), e principalmente em 1993 (ano da composição) os EUA viveram um período de grandes acontecimentos e revoltas populares contra policiais que agiam de forma violenta contra suspeitos (e as vezes não suspeitos) negros. Um caso em Detroid levou Vedder a rabiscar em seu caderno aquilo que viria a se tornar W.M.A, no verão de 1993. Um trabalhador negro desempregado teria sido puxado do carro e espancado até a morte por três policiais. Este caso resultou em uma série de protestos em todo o país.

Eddie ironizou de todas as formas a letra de W.M.A a ponto de usar referências bíblicas. “Jesus me cumprimenta / parece exatamente como eu” demonstra um olhar enraizado numa crença religiosa. A figura Jesus Cristo é usada como referência para citar as semelhanças entre “Deuses” e humanos, mas acima de tudo entre brancos e negros. A ironia nessa comparação paira na parte “me cumprimenta”, onde podemos entender que mesmo Jesus (polícia) estando acima dos humanos (negros), existe respeito, ou supostamente deveria existir. Extraordinária a categoria de Vedder ao colocar esse trecho em W.M.A.

“Ele ganhou na loteria quando nasceu” é uma referência a quem nasceu branco e livre dos ataques aleatórios.

Todas as ironias terminam na parte final da música, onde somente uma frase é repetida várias e várias vezes “All my pieces set me free / human device set me free” (Todos meus pedaços me fizeram livre / As regras dos homens me fizeram livre), aí sim transformando W.M.A em uma espécie de ritual de purificação. A frase é repetida como se fosse um clamor aos deuses.

W.M.A é um cuidadoso registro dentro do poderoso disco V.S que começa a desenhar o Pearl Jam que conhecemos hoje. Pearl Jam está sempre envolvido, engajado, desde os primórdios. Não tão visceral quanto outras músicas com o mesmo contexto, W.M.A cumpre sua tarefa de alertar para a situação. Uma grande música quase que esquecida dentro de um álbum tão eloquente na carreira dessa incrível banda.

Texto: Cristiano Feix

Eddie Vedder, “Ex-Vocalista do Pearl Jam”, Faz Show Secreto em Mansão da França

Screen Shot 2017-06-22 at 13.21.34.png

Eddie Vedder fez um show secreto na cidade francesa de Cannes, ontem (21), junto com o músico e amigo Glen Hansard. A reportagem do New York Post, que chamou o Eddie de “former Pearl Jam lead singer”, ou seja, o “ex-vocalista do Pearl Jam”, disse que o evento foi patrocinado pela Live Nation (braço da Ticketmaster), que voou o Eddie e o Glen para Cannes. O show foi em uma mansão, e contou com o presença do surfista Kelly Slater, Nick Jonas (Jonas Brothers), entre outros privilegiados (de acordo com o jornal, “parceiros da marca” estavam presentes).

*Sobre o “ex-vocalista”: não acreditem nisso. A jornalista deve ter se confundido… Não acreditamos que seja má-fé e muito menos que a informação seja verdadeira. E mesmo que fosse verdadeira, nunca ficaríamos sabendo dessa forma.

Setlist: Trouble (Cat Stevens), Small Town, I Am Mine, Society (Jerry Hannan, w/ Glen Hansard), Soon Forget, Can’t Keep, Rise, Should I Stay or Should I Go? (The Clash), Falling Slowly (Glen Hansard/ Markéta Irglová, w/ Glen Hansard), Song of Good Hope (Glen Hansard, w/ Glen Hansard), Porch

 

Algumas fotos abaixo:

Screen Shot 2017-06-22 at 13.18.24
Crédito: Instagram @kevinmazur
Screen Shot 2017-06-22 at 13.18.36
Crédito: Instagram @kellyslater
Screen Shot 2017-06-22 at 13.18.48
Crédito: Instagram @kellyslater

19 de Junho: Eddie na Antuérpia

sportpaleis-en-lotto-arena-in-top-10-van-succesvolste-zalen_100_1000x0.jpg

País: Bélgica

Data: 19/6/17

Local: Lotto Arena

POSTER:

DCrwsXWXgAAgSbY.jpg-large

SETLIST:

Ed On Stage 9:20
Ed Off Stage  11:40 (approx)

Intro Music:Batman-(Neal Hefti) TV show theme song performed by Harper and Eddie Vedder

The Red Limo String Quartet are:
Sietse van Gorkom-violin
Camilla van der Kooij-violin
Rani Kumar-viola
Jonas Pap-Cello

(The Lotto Arena is a sports arena but it doesn’t have air conditioning.  It is 84F/29C and humid when Ed goes onstage.  It is so hot that the crew is told they don’t need to wear lab coats for this show)

01. Brain Damage-(Waters)
02. Sometimes
03. Wishlist
04. The Needle and The Damage Done-(Young)
05. I Am Mine
(Ed jokes about it feeling like summer has arrived but he didn’t expect it to ”.. feel so much like summer in here. I mean we are only three songs in.  I don’t want to be one of those guys from somewhere else and tell people about their country but the world is getting warmer.  That is a fact.  And air conditioners are only going to get more expensive…”)
06. Off He Goes
07. Can’t Keep
08. Sleeping By Myself
Quartet enters the stage
{Ed talks about writing the song and it’s connection to Damien Echols and his wife.  He says if you listen to the record you can hear a phone ring right at the end of the song. Lorri Davis, Damien’s wife, called Ed just as he was finishing the song and hadn’t stopped his recorder.}
09. Satellite-with string quartet
10. Again Today-(Carlile)-with string quartet.  {Ed and the quartet play the song that Pearl Jam covered for the “Cover Stories” benefit album.  Ed plays acoustic guitar and sings}
Quartet exits the stage
11. Better Man/Save It For Later-(Charley, Cox, Morton, Steele, Wakeling)
12. Far Behind
13. Setting Forth
14. Guaranteed
15. Rise
16. Immortality
17. Lukin
18. {instrumental section from Ed’s version of Millworker}
19. Porch
20.  improv intro/I’m So Tired-(Fugazi)
21. You’ve Got To Hide Your Love Away-(Lennon, McCartney) with Chris from the audience. {A very nervous guy named Chris is brought on stage to play harmonica.  Ed gets him a beer and says if he can’t  play he is “outta here”  Chris sings with Ed a bit but when the harmonica solo comes up the instrument is in the wrong key.  They whistle the end of the song and Chris goes back into the audience}

22. Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
23. Should I Stay Or Should I Go?-(Headon, Jones, Simonon, Strummer) {played on Gibson electric ukulele)
Quartet enters the stage
24. Black-with string quartet
25. “Heroes”-(Bowie, Eno) with strings {Partial}
26. Just Breathe
27. Song Of Good Hope-(Hansard) {Ed sings main vocal, Glen plays guitar and sings harmony}-no strings
28. Falling Slowly-(Hansard, Irglová)-Glen sings main vocal and plays guitar.  Ed sings lead on a verse and harmony vocals with strings)
Quartet exits the stage
29. Drive All Night-(Springsteen)  {Glen sings lead and plays acoustic guitar.  Ed plays pump organ sings harmony}
30. Rockin’ In The Free World-(Young) with Glen
Encore Break
31. Hard Sun-(Peterson) with Glen and The Red Limo Quartet singing

 

Eddie e Stone Tocam em Evento

Eddie e Stone estiveram ontem em Nova York no evento da Federação UJA, que homenageou a ativista na área musical Michelle Anthony. A turnê do Eddie na Europa retorna dia 19 desse mês.

Abaixo, um trecho de Daughter, tocada no evento.

(Crédito: twitter.com/brainofjoacohen)

O dia em que Paul McCartney deu um soco na cara de Eddie Vedder

Screen-Shot-2017-06-13-at-10.31.31-am

Por essa curiosidade do Ed provavelmente ninguém esperava, mas ele levou um soco do lendário Paul McCartney. Mas calma: o soco foi um acidente que aconteceu em Seattle durante uma conversa de bar enquanto Paul contava algumas histórias. Quem revelou o ocorrido foi o próprio Ed ao participar como convidado no canal dos Beatles na rádio SiriusXM. O relato completo (em português) pode ser conferido no site do Tenho Mais Discos Que Amigos clicando aqui.