Feliz Aniversário, Yield!

Quinze anos de idade; parece um adolescente descobrindo o mundo, seus medos, desejos, tristezas e alegrias; mas não podemos dizer isso quanto ao Yield, esse álbum absolutamente excepcional… Ele é a passagem de uma banda raivosa (Ten, Vs. e Vitalogy), que em seguida ficou assustada com tudo à sua volta e decidiu experimentar mais (No Code) e que, em 1998, chegou à maturidade com o Yield. Juntamente com o Binaural ele é o meu álbum preferido principalmente pelo fato de ser o Pearl Jam na sua pureza (e porque não na sua melhor forma?). Ele soa “Pearl Jam” em todas as suas músicas; é difícil explicar isso, eu sei, mas é mais ou menos o que eu sinto ao ouvi-lo. parece que eles conseguiram, depois de muita luta, uma identidade própria. Para quem ainda não viu, assistam ao “Single Video Theory”, o melhor DVD deles e que melhor retrata o grupo no seu processo criativo de composição. Bom, escrevo mais sobre esse fantástico álbum em outra oportunidade (e da para escrever páginas e mais páginas…). 
Abraço a todos e feliz aniversário ao Yield!
“And he still gives his love, he just gives it away,
The love he receives is the love that is saved…
And sometimes is seen a strange spot in the sky
A human being that was given to fly”
Para completar esse post especial, coloco para download o programa que a Pearl Jam Sirius Radio dedicado ao Yield, são quase 3 horas de programa! Tem vários depoimentos de fãs, da banda, todas as músicas são tocadas e comentadas… Enfim, um prato cheio para qualquer admirador do Pearl Jam e desse incrível álbum! Aproveitem!

DOWNLOAD:

SIRIUS RADIO – YIELD 15 YEARS OLD SPECIAL

Anúncios

11 comentários em “Feliz Aniversário, Yield!”

  1. É difícil não ter a mesma opinião que você João, concordamos até no sentido "Binaural". Ainda lembro a grana que tive que guardar para conseguir comprar esse disco!Havia baixado o programa da Sirius ontem, ainda não tive tempo de escutar…Abraços…

  2. Realmente é o melhor, o mais harmonioso. Como já foi dito antes em outro post e você volta a citar, é a fase madura do Pearl Jam. In Hiding, depois de Black, é a minha música favorita. Faithful também é perfeita. Tenho mania de me pegar em alguma músicas e ouço elas repetidamente para me ligar de todos os detalhes, principalmente nos solos do Mike. Na minha opinião Yield é a consagração da banda e Binaural e Riot Act trazem ainda parte deste momento em algumas músicas. Tenho o SVT é bem interessante acompanhar aquela relação de estúdio. Sinto que não rola mais aquilo hoje.

  3. cheguei a escutar até 2h e 7seg do programa. ainda falta um pouco mas me emocionei com os depoimentos. é de arrepiar perceber que tantas pessoas possuem a mesma conexão que eu possuo em relação à banda e PRINCIPALMENTE a conexão com este álbum! acabei me arrepiando em VÁRIOS momentos do programa. escutar 'small mosquito' me fez voltar naquela época e imaginar o Jack expondo toda inspiração daquele período. difícil achar palavras para descrever tamanha sensação! FELICIDADES À TODOS QUE RESPIRAM, RESPEITAM E VIVEM PEARL JAM!

  4. "é de arrepiar perceber que tantas pessoas possuem a mesma conexão que eu possuo em relação à banda e PRINCIPALMENTE a conexão com este álbum!"igor, você disse tudo… foi a mesma sensação que eu tive ao ouvir o programa. O Yield é realmente um álbum diferente…e, citando você novamente: "FELICIDADES À TODOS QUE RESPIRAM, RESPEITAM E VIVEM PEARL JAM!"Esse blog é feito para essas pessoas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s