12 de Outubro – Pearl Jam em Buffalo

Data: 12/10/2013
Cidade: Buffalo, NY
País: Estados Unidos
Local: First Niagara Center
Hora: 19:30 (Local) – 20:30 de Brasília
Show de número 2/25
Não há banda de abertura.

POSTER:

Image

VÍDEOS:

SETLIST:

Link permanente da imagem incorporada

1. Pendulum
2. Low Light
3. Sometimes
4. Corduroy
5. Lightning Bolt
6. Mind Your Manners
7. Do the Evolution
8. Immortality
9. My Father’s Son
10. Even Flow
11. Swallowed Whole
12. Sirens
13. Once
14. Comatose
15. I Got Id
16. Infallible
17. Present Tense
18. State of Love and Trust
19. Porch
20. Off He Goes
21. Yellow Moon
22. Future Days
23. Small Town
24. Rats
25. Got Some
26. Rearviewmirror
27. Go
28. Alive
29. Baba O’Riley
30. Indifference
___

Anúncios

19 comentários em “12 de Outubro – Pearl Jam em Buffalo”

  1. "Estatísticas do show" – número de músicas de cada album:TEN- 4 VS -5VITALOGY- 2NO CODE – 3YIELD – 2BINAURAL – 0RIOT ACT – 0ABACATE – 1BACKSPACER – 1LIGHTNING BOLT – 9B-SIDES – 2covers – 1

  2. Gostaria de fazer uma pergunta para vocês, fãs de Pearl Jam. É o seguinte, tenho 24 anos e obviamente sempre conheci a banda mas nunca dei muita bola. No máximo, escutava quando tocava na rádio Last Kiss. Dia desses, escutando outras bandas, no YouTube mesmo, Black apareceu como recomendação e acabei escutando. Desde então, estou viciado em Pearl Jam. Faz menos de uma semana isso e desde então já vi o documentário, o acústico, trechos de entrevistas, encontrei e li muita coisa desse blog, enfim. Mas o que eu quero saber é se alguém, por acaso, se sente como eu, que fico mal quando escuto. O cara são muito bons, as músicas boas, mas eu me sinto triste quando escuto. E mesmo assim não paro de escutar. Me traz nostalgia de um tempo que eu nunca vivi, uma certa angústia. Por acaso alguma de vocês se sente assim também?

  3. É anônimo, esse tempo nunca mais vai voltar e só quem viveu aquela época sabe como é que foi a febre daquele momento. Se na nossa adolescência foi a febre que foi (sem internet, só revistas e depois mais tarde a MTV com clips de verdade passando, direto, como se fosse uma rádio, tendo pausas somente para o intervalo e não a merda que virou) imagina para o pessoal das bandas de Seattle e para os fãs que nasceram lá e acompanharam essas bandas ao vivo, show a show. Em 1991 eu tinha 12 anos e foi quando comecei a curtir as bandas de Seattle e com certeza foi o último pico alto da história do rock'n roll.Mas eu não fico triste não cara, porque o Pearl Jam me lembra surf direto e só alegria! Te recomendo a acompanhar as músicas com a tradução das letras junto, pois você verá altas letras e acho que vai te deixar mais leve e feliz. E não precisa ficar preso naquele tempo também não, os fãs do Pearl Jam que só curtem o Ten e que estão lá em 1991 ainda, até hoje estão esperando o Pearl Jam lançar um novo Ten… Pearl Jam está além disso faz anos luz e cada álbum lançado é melhor do que o outro (cronologicamente ou de trás prá frente, tanto faz) e cada álbum tem a sua história e momento, não dá para ficar comparando… Só se for para dizer qual é o álbum mais quebraceira, mais lento, mais experimental, daí tudo bem, é legal, massa bater uns papos assim, mas ficar dizendo que tal álbum é fraco, outro ganhou 02 estrelas de 05, outro é razoável…, tá lôco!! Comentários sempre comparados ao Ten… mas temos que respeitar as opiniões de todos, certo? Sempre na paz!

  4. Se ao ouvir uma música você sentiu algo (alegria, tristeza), certamente quem a fez cumpriu seu papel. Sempre pensei na música como transformadora e que mexe com muitas questões sentimentais e emocionais. Acho que todos que ouvem Pearl Jam já sentiram isso. Eu sinto com várias bandas, como se eu 'tivesse nascido na época errada'. Obviamente, queria ter aproveitado tudo isso também, não só o Pearl Jam em si, mas outras bandas e tempos. Creio que no caso do Pearl Jam (e das bandas de Seattle propriamente ditas) isso seja mais frequente, é algo diferente, 'novo' e com o que nos identificamos. Mesmo você nao podendo viver aquela época, pode viver agora com os discos recentes, shows que tem acontecido. A banda ainda é a mesma, só os tempos que são outros, o que é normal.

  5. Showzaço! Baita setlist, principalmente porque estão entrando muitas músicas do álbum novo. Luiz ou João. Se for possível, coloquem o link da Infallible, para mim uma das melhores músicas do LB, se não for a melhor de todas: (http://www.youtube.com/watch?v=tn4rvL5AqHc) e também a Yellow Moon (http://www.youtube.com/watch?v=jkMgkrD2cDc). Ficaram geniais ao vivo. Com relação a questão levantada pelo anônimo, faço minhas as palavras do Brunelson: Pearl Jam é mais alegria do que tristeza, mesmo as músicas que pela letra e melodia deveriam ser tristes. É o caso, por exemplo, da Betterman. Procuro interpretar as letras de uma maneira mais positiva. Eddie Vedder é um cara extremamente crítico, principalmente em questões políticas, mas sinto que a sua mensagem, mesmo mostrando os fatos nus e crus, é sempre otimista, sempre com a visão de transformar e não só lamentar. Ouço PJ desde que apareceu. Comprei o primeiro single com Jeremy/Footsteps/Yelloledbetter bem antes de chegar o Ten no Brasil e acompanho a banda sempre. Não me deixo levar pelo saudosismo, pois apesar de cada álbum ficar marcado por uma fase da minha vida e por mais que eu valorize tudo que vivi, prefiro olhar pra frente e estar preparado para tudo que vai vir por aí, inclusive os próximos álbuns que esta banda ainda vai lançar. Torço muito por isso.

  6. Talvez vc está indo com muita sede ao pote, querendo ouvir e ver tudo de uma vez, vai mais na manha, aos poucos. Essa sensação ruim se pode ter com exageros de qualquer coisa.. Só de ficar no computador horas a fio já me dá um mal estar. E é mto fácil cair na armadilha do youtube, um video puxa outro e outro, é uma cascata sem fim, ninguém viu tudo e ninguém nunca vai ver. Minha sugestão é acompanhar os shows atuais, vai conhecendo as musicas antigas através dos shows de agora. E aos poucos ir ouvindo os albums, tipo um por mês, ou um a cada 15 dias. Na minha opinião mais OUVIR os albums e shows do que ver videos. Sem ficar vasculhando, revirando mto baús do passado. De vez em qdo , uma coisa ou outra , ok.E é bom variar um pouco, ouvir outras bandas e etc tb, E não ouvir nada de vez em qdo também é bom pra arejar. 🙂

  7. Uma das melhores bandas da história mas um alinhamento sem Black na minha opinião é sempre decepcionante. Eu vou a concertos de PJ para ouvir o Black. Pode não ser o único motivo (PJ têm muitos trunfos na manga) mas para mim é o principal hino da banda. (e não serei o único a pensar assim). Abraços de Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s