Fatos Interessantes da Turnê Norte Americana

Fala pessoal! Coloco abaixo alguns dados interessantes da turnê norte americana que acabou de se encerrar! O pessoal do fórum do 10C reuniu alguns fatos peculiares que aconteceram durante os 25 shows que a banda fez nos Estados Unidos. Confiram abaixo:

**Já acrescentei mais fatos! Quem lembrar de mais, por favor comentem!

1. O aparecimento de Getaway apenas na metade da turnê, depois de 11 shows, em Charlottesville.
2. Pendulum tocada em todos os shows da turnê, exceto três: Worcester I, Phoenix e Los Angeles I.
3. Sonic reducer tocada em três shows seguidos no início da tour (Worcester, Philly e Brooklin) e depois esquecida pelo restante da turnê.
4. Footsteps tocada 8 vezes, muito se comparado com outras turnês.
5. Chloe Dancer aparecendo junto de Crown of Thorns diversas vezes.
6. My Father’s Son sendo tocada apenas uma vez na segunda leg (3 no total).
7. Of the Earth não ser tocada nenhuma vez, mesmo sendo ensaiada diversas vezes durante a tour.
8. Fechar o show de Charlottesville com Little Wing.
9. Músicas de aberturas duplas, às vezes triplas.
10. Let me Sleep em Seattle.
11. Low Light and Nothingman tocadas várias vezes (antes eram bem raras, principalmente Low Light).
12. Desaparecimento da The Fixer (tocada apenas 1 vez)
13. Eruption tocada 5 vezes.
14. Oceans tocada em Nova Iorque depois de 21 anos.
15. O esquecimento do Binaural/Abacate/Riot Act em Seattle.
16. Fatal e Otherside em Worcester I e II respectivamente.
17. Um Eddie Vedder nervoso (e um pouco babaca) com seu roadie, e a sua posterior demissão; tudo por causa de repetidos problemas em shows com o violão durante a Sirens:

18. Jeff Ament saindo sem se despedir junto com a banda no show em Baltimore.
19. Light Years sendo tocada apenas uma vez, em San Diego.
20. Eddie raspa o looongo dread de um cara se a banda tocasse Brain of J.:

21. No primeiro show de Los Angeles, o Eddie expulsou uma garota da platéia por ela estar atrapalhando o pessoal:

Anúncios

21 comentários em “Fatos Interessantes da Turnê Norte Americana”

  1. O Cara foi demitido??Vi msm um vídeo do Eddie jogando o violão no chão, parece que estava na afinação errada, mas não vi acontecer novamente! Sacanagem, eu ficava feliz quando avistava ele nos shows do Brasil! hahahaha

  2. O Eddie Vedder estava estressado durante a turnê inteira.. teve até a mal explicada briga com o Jeff, que com certeza envolvia diretamente o Vedder. Ainda acho que ele não demonstra a mesma vontade de antes de estar na banda. Nas entrevistas de divulgação pro LB, com os diretores convidados pela banda ele mal falava. Ele deve ter cansado dessa vida…

  3. Eu sempre defendo o Ed em tudo, mas nesse caso nao tem nem o q falar. Pq ele simplesmente nao relaxa? A banda nao precisa mais provar nada pra ninguém! Todo o público está louco pra ver os caras, são shows lotados.. tipo, pra q ficar nervoso? A atitude dele é lamentável.. tipo, foda-se q o violão nao está legal.. devolva pro cara na boa,nao tem porque ficar puto… sinceramente nao entendo. Ed, vc vacilou demais!

  4. Teve aquele lance da briga com uma menina na plateia. Até agora não sei o que rolou. Mandar o cara embora porque não fez o trabalho dele, normal. O problema é a forma. O EV se mostra um cara gentil em muitas ocasiões. Deslizes todos nós cometemos, mas ganha-se mais visibilidade quem está sob os holofotes. Acho que é o stress da turnê, da correria e a idade subindo sem parar. Vamos ficando velhos e impacientes. Fazer o q? Agora, se juntar stress, cigarro e vinhão todos os dias, já sabemos como esta história vaio terminar, principalmente se analisarmos a vida pregressa deste vocalista que arrepiou pouco nos anos 90.

  5. Bom, não quero defender ninguém, porém tive a oportunidade de conversar com o Ed depois do primeiro show de LA. Eu deveria fazer uma entrevista com o Jeff, o que acabou não rolando, e conversei com o Ed. Entre outras coisas, ele mencionou que eles estavam passando por momentos muito dificeis, as coisas estavam muito intensas, com problemas de cancer na familia e etc. Ele disse que não queria entrar em mais detalhes, mas qdo ele mencionou isso, mudou completamente a expressão do rosto. Ele foi gentil e atencioso, mas pude perceber que algo realmente dificil estava se passando alí. Ele disse isso para ilustrar como as vezes não era possivel conseguir o que queremos, como no caso para mim era a entrevista com o Jeff. A gente não pode esquecer que os caras são seres humanos, e que nao importa o que aconteça, eles tem que subir no palco e atender às expectativas de milhares de pessoas que estão alí para te ver. É muito dificil isso, principalmente qdo em casa vc tem um PROBLEMA de verdade, que seja maior ainda do que todo o cenário que eles são obrigados a viver durante uma turnê.

  6. Ser pacífico e justo é uma coisa, ser tabacudo é outra. A atitude de Ed foi a de, porra, como é que o teu trabalho é me dar as coisas funcionando e tu me entrega uma merda dessas? Foi foda mesmo. (João Marinho Chinaski)

  7. Vi mais momentos divertidos e descontraídos do que tensos. Os comentários gerais eram de elogios aos shows. E quanto à pessoa expulsa do show, o Eddie foi elogiado pelos fãs porque a tal pessoa causou tumulto e ele, muito preocupado com a segurança dos fãs, expulsou a garota para o bem dos demais presentes. E é só checar os vídeos dos shows desta turnê para ver o quanto os shows foram bons.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s