Watched From The Window – Episódio IX: Yield

Após um breve tempo entre nosso último vídeo da série ‘Watched from the Window…’ trazemos agora o vídeo da nossa análise sobre o Yield. Para acompanhar os episódios anteriores da nossa série, basta clicar aqui. 

 

Anúncios

10 comentários em “Watched From The Window – Episódio IX: Yield”

  1. O que eu acho muito legal do encarte do Yield é que em todas as fotos se procurar com muita atenção você encontra a placa (triangulo). Umas bem difícil de identificar como a que fica na pena do corvo, outra no mar, é muito interessante.

  2. adorei o vídeo, o álbum é um dos melhores para mim e tem significado especial
    gosto tanto do álbum que tenho um ainda lacrado e outro aberto para ouvir o mesmo com o on two legs , esses me marcaram , obrigado joão !!!!!!

  3. Fantástica análise! Cara tenho uma particularidade com esse álbum, pois foi ele que trouxe o PJ de volta pra mim. É o seguinte: meu irmão tinha os vinis do Ten e VS, e eu escutava sem parar (com apenas 11 anos na época), mas depois entrei num hiato auditivo com a banda, isso porque ele não comprou o Vitalogy e o No Code.. rsrs. Daí em 1999 comecei a estagiar, e parte do meu primeiro salário foi destinado a comprar o Live on Two Legs, porquê àquela altura eu já tinha ouvido o Yield de trás pra frente umas 500x (fruto de um empréstimo do Cd por parte de uma amiga). Bons tempos…

  4. e “no way ” é do stone. no single viddeo theory ele fala a respeito de lukin, e não i am mine,. essa é outro insight do ed. i am mine, e severed hand, foram escritas em 2000 num hotel durante a tour norte americana.
    se informe melhor parceiro.

  5. meu amigo vc é um ignorante de musica parte de de formar opinião, como musico formado posso afirmar que hummus é de origens spanicas, num tem nada de oriental é totalmente ocidental, e o nome se trata do ingles zumbido uma vez que que não tem letra é uma bricadeira, sobre red dot num tem nada com untitled, que é um improv de suçesso, e red dot, e pilate fazem parte do conceito do album, cara VC É PESSIMO EM ANALISE E UM BELO IGNORANTE ! aprenda a pronunciar o nome dos albuns, vergonha alheia por vc garoto. se esfprce mais e pare de falar besteira.

    o jack irons fez toda a tour ocidental de 98 com o pj, o matt entrou na segunda leg , na leg americana.

    1. Cara, qual a necessidade desse comportamento hostil? Sua mulher dorme de calça jeans é? Tome uma breja pra relaxar. Os caras se dedicam pra cacete nesse blog, pow. Não ferra!

  6. Certamente as opiniões formadas no nosso site são baseadas em nossa pesquisa e história ouvindo o Pearl Jam. Somos abertos a críticas e/ou comentários. Entretanto, sempre desejamos respeito. Ao ver certos comentários depreciativos e com falta de educação nos perguntamos qual a mensagem que essa grande banda passa para alguns dos fãs. Para nós, é a cordialidade e o respeito, motivos pelos quais o Pearl Jam e suas letras se tornaram importantes nas nossas vidas. Nós, por exemplo, não vamos entrar na discussão de comentar seus erros de português como ‘suçesso’, uma vez que se você é um músico formado deveria compreender também questões de gramática.

    Continuaremos com nossa opinião e agradecemos a todos que nos acompanham e nos apoiam acessando todos os dias o site para ficar por dentro do que acontece com o Pearl Jam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s