Motivos para acreditar e não acreditar que o Pearl Jam virá para a América do Sul em 2015

10712767_861313627221666_7556332494066194335_n

Tendo em vista que recentemente tivemos os boatos de que o Pearl Jam virá para nosso querido continente em abril de 2015, a PJ2Fly resolveu ponderar os fatos para que possamos entender quais motivos facilitariam a vinda da banda para cá e quais motivos poderiam ser considerados empecílios.

Motivos Favoráveis:

1 – O Pearl Jam certamente colocou a América do Sul na sua rota de shows. Isto não partiu apenas da banda, mas da tendência que todos os artistas estão seguindo em se apresentar aqui com grandes turnês.

2 – O Pearl Jam está levando a turnê do Lightning Bolt para todos os cantos. Tradicionalmente, só faltarua uma turnê no Canadá e na América do Sul. Assim, o mesmo padrão visto em 2005 e 2011 se repetiria.

3 – O Pearl Jam não tem planos para 2015. Nós acreditamos que lançar um disco novo não passa pela cabeça da banda, até mesmo por terem levado 4 anos para lançar o LB. Então, 2015 deverá ser marcado por projetos paralelos. Porém, desde 2001 o PJ não fica um ano inteiro sem excursionar. Naquele ano foram realizados 3 shows, sendo que 2 foram no Bridge School.

4 – O Eddie sempre comenta das bandeiras do Brasil nos shows da banda e o quanto isso o emociona. Logo, há um forte apelo envolvido nisso.

5 – O público sul-americano nunca decepcionou o PJ. Pelo contrário, os shows sempre estiveram lotados e a procura por ingressos foi grande. E os shows aqui sempre foram incríveis e eles já falaram que somos o melhor público.

6 – O Pearl Jam nunca realizou uma turnê de um disco novo por aqui. Com o LB temos a chance disso acontecer pela primeira vez na história.

7 – Aumento no número de locais para possíveis shows. Se até um tempo atrás os locais para shows eram restritos, hoje temos muitas opções. Algumas arenas da Copa podem ser utilizadas. Há também o novo estádio do Palmeiras e a Pedreira em Curitiba que foi re-aberta. Além disso, cidades como Belo Horizonte e Brasília tem recebido shows internacionais, entrando em mais uma possível rota de shows do PJ.

Motivos desfavoráveis

1 – A banda veio para o Lollapalooza em 2013, ou seja, muito recentemente. Talvez se essa passagem pelo festival não tivesse acontecido teríamos tido a turnê deles aqui em 2014.

2 – O Eddie veio recentemente para o Brasil. Apesar de terem sido shows solo esses shows poderiam ter acontecido da forma como foi na Austrália, após a turnê da banda. Assim, pode ser que realmente a banda não tenha o interesse em vir pra cá no momento. Algumas pessoas comentaram que o Ed disse que a banda levaria pelo menos dois anos para voltar ao Brasil.

3 – O Pearl Jam pode ter planos de finalizar a turnê do LB em 2014 e no ano que vem se dedicar a outros projetos, bem como à questões familiares e pessoais, tão em voga recentemente nas entrevistas com a banda. Assim, apenas alguns shows isolados ou em festivais poderiam acontecer nos Estados Unidos e na Europa.

4- Apesar de termos citado acima que talvez não tenhamos um novo album tão cedo, isto não pode ser descartado por completo. Assim, em 2015 poderia ocorrer a produção do novo material para lançamento em 2016.

5 – O Pearl Jam pode voltar a realizar e focar nos relançamentos dos discos, assim como ocorreu com o Ten, Vs. e Vitalogy. Embora isso não interfira em uma turnê, nós sabemos que são os membros da banda que escolhem o material que irá compor cada box.

6 – Querendo ou não, o Brasil está passando por crises econômicas. O dólar alto pode influenciar de algum modo a vinda de algumas banda para o país.

Anúncios

9 thoughts on “Motivos para acreditar e não acreditar que o Pearl Jam virá para a América do Sul em 2015”

  1. Logo logo a própria banda comenta esse rumor, e eu particularmente já to pedindo folga do trabalho e juntando grana porque tenho certeza que em abril a força maior de Seattle desembarca em terras tupiniquins!

  2. Os argumentos favoráveis foram mais convincentes!! Ainda mais pelo fato de que mesmo eles tendo tocado aqui em 2013, não indica muita coisa, afinal eles tinham tocado aqui em 2011 e voltaram menos de dois anos depois, maia exatamente 1 ano e 4 meses. Acho que a oportunidade de tocarem o disco novo aqui o atraem, principalmente pela recepcção do publico Brasileiro em relação as músicas do Backspacer.

  3. Na minha opinião os shows no Brasil em 2011 foi da turnê do Backspacer… Para a banda fazer turnês de um álbum novo no mundo inteiro em menos de 1 ano é meio difícil, né? Os caras não estão mais naquela velocidade frenética de fazer vários shows na sequencia assim como era nas antiga. Esse é o ritmo dos caras, tocaram nos EUA, Europa, Oceania, Canadá e depois América do Sul, continuando a turnê do Backspacer, simples assim… Até em 2005 dá para dizer que foi o último suspiro de vida da turnê do Riot Act, mas eu respeito a opinião e o ponto de vista do autor desta matéria, ok?

  4. Por sinal, foi Eu que tive a oportunidade de perguntar ao Próprio Eddie Vedder quando o PJ pisaria em solos brasileiros novamente. Sua resposta foi Exatamente está: “hmmm, two years”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s