Entrevista do Eddie para a PJ2Fly (Primeiro de Abril, Dia da Mentira!)

USA - Heart - Showbox

A PJ2Fly conseguiu uma entrevista exclusiva com o Eddie Vedder por telefone. Como Seattle é longe e sombria, e a voz do Eddie ninguém entende, a qualidade da entrevista foi péssima. Portanto, após utilizarmos de serviços do exército para codificação de sinais, transcrevemos aqui a entrevista.

PJ2Fly: Você não acha contraditório ter sido contra o main stream nos anos 90 e agora a banda ter se curvado às estratégias de marketing?

EV: Cara, era tudo bobeira. Na verdade, ir contra o main stream era uma forma de fazer parte do main stream, pois assim conseguiríamos chamar a atenção. Quando eu pulava do palco nas pessoas eu estava dizendo, indiretamente, ‘me adorem, me elevem, me carreguem nos braços, pois sou foda’. Então, sinto muito se vocês fãs interpretaram errado e nos viram como uma revolução na música e algo para se orgulhar.

PJ2Fly: Então o Kurt Cobain estava certo?

EV: Não só estava certo como foi ele quem nos ensinou isso. As brigas entre a gente faziam parte do processo, pra atrair atenção. Mas todo final de semana nos reuníamos em sua casa de campo nos arredores de Portland para jogar Mega Drive. No fundo, ele era o cara que sempre pensava em fazer sucesso e marketing. Olha só, a morte dele foi o maior evento de marketing da história da música….as vezes me pergunto por que não fui eu a fazer isso.

PJ2Fly: E a relação do Pearl Jam com o Brasil? Vocês tem vindo bastante pra cá.

EV: O público brasileiro é legal. O que enche o saco são as meninas que ficam gritando ‘Lindo’ e achando que eu, com 50 anos, vou largar minha família para ficar com elas. Acho que tenho coisas melhores pra fazer da vida.

PJ2Fly: Qual álbum do Pearl Jam é seu preferido?

EV: Nunca me esqueci um dia quando Matt Cameron me ligou dizendo que tinha composto uma música genial. Fui até a casa dele e eram os acordes iniciais de The Fixer. Sentamos e escrevemos a letra. Foi algo maravilhoso, uma sinergia incrível. Por isso e por outros motivos, o Backspacer pra mim é o melhor disco que já lançamos. Estávamos maduros na época, algo diferente do que aconteceu com o No Code, o qual convenhamos é o maior lixo da nossa história. O backspacer coloca No Code, Yield e Binaural no lixo. E tem fãs que os acham ‘a triplice coroa do Pearl Jam’.

PJ2Fly: Quais os planos pro futuro do Pearl Jam? 

EV: Estamos perto do fim. É triste, mas é preciso admitir isso. Não temos mais o mesmo pique. As pessoas nos cobram por algo que não conseguimos mais fazer. Levamos 4 anos para lançar o Lightning Bolt e trabalhamos duro nele, mas a maior parte das pessoas acharam ruim mesmo eu sendo polêmico em algumas canções. Nos reunimos em Seattle no final de 2014 e decidimos agendar shows em mega estádios para arrecadar dinheiro e então nos aposentar. Na verdade, essa sempre foi a estratégia do grunge: ter dinheiro, ser rico, e poder surfar no Hawaii sem esquentar a cabeça.

PJ2Fly: Quer deixar uma mensagem para os fãs brasileiros? 

EV: Em Novembro estaremos aí, mais uma vez. Tenho notado que o amor de vocês por nossa música tem crescido. Muito obrigado a todos e esperamos que vocês tenham excelentes shows para curtir. Ah, e relembrando: não percam seu tempo: eu não costumo descer do hotel para atendê-los. Portanto, otimizem sua energia para ficar na fila o dia todo.

Anúncios

33 thoughts on “Entrevista do Eddie para a PJ2Fly (Primeiro de Abril, Dia da Mentira!)”

  1. Caramba! Isso foi o Eddie mesmo ou uma caricatura dele? O cara defende um monte de coisa e sempre se diferencia do resto e agora entrega o jogo dizendo que é o maior mané? Armação com Kurt e depois um megadrive? Backspacer é o melhor album? No Code é o lixo da história do PJ? A filosofia do grunge é arrecadar dinheiro para depois surfar?? Cassete! Isso é um engano! Sinceramente, acho que vocês ligaram para o cara errado.

  2. No code:

    “Sometimes”
    “Hail, Hail”
    “Who You Are”
    “In My Tree”
    “Smile”
    “Off He Goes”
    “Habit”
    “Red Mosquito” 3
    “Lukin” (Vedder)
    “Present Tense”
    “Mankind”
    “I’m Open”
    “Around the Bend”

    No Code, o qual convenhamos é o maior lixo da nossa história.

    Produção, algo aí não está se encaixando.

  3. Aahhhhhh….. isso me Lembrou de quando na comunidade Pearl Jam Brasil do Orkut, inventaram que o Stone havia morrido. Aquilo virou um caos! Foi lindo!

    Saudades Orkut! S2

      1. É cruel, mas ver a galera se desesperando sem se tocar que era uma piada de primeiro de abril…. foi mágico! HAUhUIAhuhaiUHAh

  4. Hahahaha na primeira pergunta já percebi que era pegadinha hahahha mas fui lendo até o final para ver o nível da criatividade de quem escreveu hahaha muito bom!

  5. Gente, Já fiquei aqui pensando “ô véio mau humorado…que se dane, vou gritar muito “LINDOOOOO LINDOOOOO”” e se ele não gostar azar o dele. Huahauhauhauahauah…pô gente, sacanagem!!!

  6. Hahaha!! Ao ler o título eu me empolguei com o feito inédito. Aí o primeiro parágrafo já ficou estranho, mas ainda possível de acreditar. Mas as respostas entregaram tudo, rsrsrs

  7. ESSE SITE TA UMA BOSTA
    JÁ FOI BOM MAS HOJE EM DIA COM ESSA IDEIA DE SER OFICIAL TA RIDICULO
    KD OS SHOWS PARA DOWNLOAD DE 2014?
    RIDICULO

  8. EU RECEBI POR EMAIL..AI EU PENSEI..CARACA OS CARAS SÃO FODAS DAÍ ABRI O SITE I VI 1 DE ABRIL..VCS SÃO UMA PIADA…E É CLARO QUE NIO CODE NÃO É UM LIXO…IN MY TREE DIZ TUDO…KKK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s