Opinião – Vídeo da PJ2FLY: “Beyonce, Ideais e Inquietude Artística”

PJ

Fala pessoal! Fazia tempo que não postávamos um vídeo no nosso canal, mas aqui vai um que acabei de gravar, intitulado “Beyonce, Ideais e Inquietude Artística”. Fiz um breve resumo sobre as minha opiniões sobre alguns assuntos que estão em pauta nesses últimos dias. Queria falar mais coisas, mas, ao mesmo tempo, não queria um vídeo muito grande, por isso, esse resumo sobre tudo.

(ficou bem amador, mas tá valendo!)

*Iremos gravar mais vídeos daqui em diante, e aceitamos sugestões sobre temas!

Anúncios

15 thoughts on “Opinião – Vídeo da PJ2FLY: “Beyonce, Ideais e Inquietude Artística””

  1. Acabei de ver a parceria… não sei pq a polêmica… fizeram uma versão muito boa e a Beyonce cantou com extrema competência… e o Eddie sempre manda super bem qdo faz duos… então, é só curtir a música, simples assim… a banda finalmente chegou numa fase de aproveitar a vida… poxa eles já encaixaram Let it go em daughter… rsrsrs… aliás, hoje em dia, não se pode fazer/dizer nada que sempre aparece alguém para reclamar…

  2. Opinião lúcida, respeitosa, é sempre bem vinda.
    Mandou bem, João!

    Tem gente q as vezes até pode ter certa razão no conteúdo do que esta expressando, mas a maneira que expressa (de forma agressiva,desrespeitosa,etc) acaba tirando a razão e e impedindo que a comunicação traga qualquer benefício para qualquer um.

  3. João, bacana seu vídeo respondendo a polêmica que lancei no site. Esperamos por novos vídeos… Continuo insistindo que a banda “exigia” dos seus verdadeiros fãs alguns tipos de atitude mais ou menos previsíveis… tocar com a Beyoncé após um discurso do Bill Gates era algo inimaginável até pouco tempo atrás. E muitos fãs e membros do tenclub têm se mostrado implacáveis com esta atitude nas redes sociais oficiais da banda.
    Em relação ao show do Global Citizen Festival, também tenho notado uma gama de comentários sobre o fato de o Eddie ser no passado o ponto alto e de apoio da banda, e que atualmente, apesar de todos os holofotes ficarem sobre ele, a voz cansada do cantor ser o ponto de desarmonia do grupo. Realmente no início do show o Eddie custa a dar conta das últimas sílabas das palavras…
    Sobre a inquietude dos artistas, fiquei apavorado com a última entrevista do Jeff (considerado o “caxião” da banda) na qual ele diz claramente que a única coisa boa de estar em turnê é poder ganhar mais dinheiro pra construir mais pistas de skate. Isso dá o tom do atual momento da banda. O ano de 2015 foi praticamente jogado no lixo. Espero que eles estejam bastante descansados e façam shows de 3 horas de duração por aqui…

    João, se for possível faça um post sobre sua expectativa dos shows no Brasil e abra um espaço pra que cada fã lance seu setlist dos sonhos para esta turnê (queria ver especialmente o seu). Parabéns pelo site.

    Samuel Fonseca

  4. “Obviamente Bob Marley é melhor que Beyonce” Não acho que tal artista seja melhor que o outro,todos tem seu publico. Beyonce é uma grande cantora e suas músicas passam mensagens de empoderamento as mulheres.

  5. Concordei parcialmente com a tua opinião, principalmente na parte desse bicho de sete cabeças que existe hoje em dia em relação à artistas de gêneros musicais diferentes que se apresentam ou até compõe juntos. Sabemos que o PJ, já compõe a lista das bandas evoluídas musicalmente para quebrar esse tabu. Discordei apenas na parte que se refere a “acomodação” da banda, eu penso que existe muito material que eles acabam não revelando para o público, historicamente, pelo menos para os fãs, sempre houve muita demora na liberação de discos, ou cds kkkk. Mas acho que o que vale é a qualidade, acho que qualquer um aqui é suspeito pra falar, haha, mas eu pelo menos curti muito o LB, e não me incomodei com o tempo de espera, se for pra esperar mais, irei esperar, pois sei que no final a espera acaba valendo a pena. Espero que o próximo cd, seja tão bom quanto o último. Um abraço e uma ótima crítica.

  6. Antes de mais nada deixo claro que espeito todas as opiniões aqui já expressas. O festival por si já tem uma questão social, atitudes comuns da nossa querida banda (Pearl Jam), que sempre estão envolvidos de forma muito engajada. Enquanto Eddie faz o dueto, ao fundo se vê e ouve um Senhor já falecido de nome Nelson Mandela (alguns devem conhecer), já que esse travou uma grande luta contra o apartheid. Pois bem, a música escolhida Redemption Song de um cantor pacifista, Bob Marley que independente de gosto musical sempre foi respeitado por todo o cenário da música. Agora minha indagação, por quê essa discriminação? Por quê comentários tão separatistas? Confesso que não entendo opiniões tão radicais. Sempre vi a música com a liberdade de criar e a possibilidade de unir os improváveis. Eddie Vedder sempre caminhou por áreas que não é propriamente a sua (grunge/rock), e sempre se saiu muito bem. Merece todo nosso respeito e meu ele o tem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s