Análise: Garden

Garden, a querida entre os fãs, desconhecida entre o grande público e que presta um grande serviço ao Ten e ao futuro do Pearl Jam.

Para analisarmos Garden temos que elaborar uma pequena análise ao disco onde ela se encontra, o Ten. Ten conta com músicas que exclamam os mais variados sentimentos. Temos protestos, amor, conexões pessoais, e muita raiva em forma de músicas em todo o disco. Garden vem para trazer uma meditação, uma pausa na miscelânea de sentimentos e uma auto análise que serviria de alicerce para a banda continuar essa mesma pegada em discos posteriores.

Garden é norteada por um riff principal que se faz presente desde o início da música. O restante da banda vai acompanhando o Riff, dando corpo a ela. Enquanto Eddie inicia sua insatisfação sempre marcada pelo Riff claro e muito melancólico.

Há uma obscuridade em Garden que transparece ainda mais quando Eddie começa a cantar suas letras. Na letra encontramos uma insatisfação sobre o existencialismo humano, sobre as prioridades e sobre as necessidades. Tudo parece conspirar para um cenário de desistência por parte do personagem (letra, interpretação, Riff melancólico), mas no refrão existe uma virada, onde a música cresce e a letra deixa de ser reflexiva e passa a ser afirmativa, afinal o intuito de Garden é mostrar que vamos resistir à tentação e sim, vamos remar contra uma maré onde tudo é banal, onde a verdade existe, mesmo que seja difícil de enxerga-la.

img-thing

Eddie (letrista da música) conseguiu encaixar a letra de Garden em um âmbito social de maneira muito peculiar. Ela funciona dentro do disco se analisarmos os cenários propostos em Even Flow (sobre moradores de rua), Jeremy (sobre Bullyng), Porch (sobre rompimento), mas ao mesmo tempo funciona isoladamente como crítica social e como uma fagulha de esperança em tempos melhores.
Poucas músicas dentro da vasta discografia do Pearl Jam conseguem exercer um papel parecido, eu poderia citar Present Tense e talvez Do The Evolution (nesse caso sem o fator esperança).

Garden segue nos indagando a partir do primeiro refrão sobre um esforço inútil de redenção, que mesmo com total dificuldade de resistir às tentações e ainda sim as resistindo, tudo continua igual com o agravante de agora estar solitário em sua jornada. Afinal, em toda árdua jornada a desistência é a escolha mais fácil. Mas, mesmo com as dificuldades, o protagonista segue intangível no seu pensamento de resistir à tudo que lhe perturba a mente.

A música segue com sequentes afirmativas por parte do personagem de que vai seguir, não importando o quão difícil será essa jornada. Não resta dúvidas que essa jornada é em direção à verdade, ao amor e aos princípios desse personagem, do Eddie Vedder e do Pearl Jam. Mesmo com todo o envolto conspirando para desistência, despertando até certa indignação, o personagem seguirá sua jornada.

Garden apresenta paralelos muito interessantes com a música proposta pelo Pearl Jam, com o contexto em que eles vivem, e com o álbum Ten. É magistral entendermos todos esses contextos e aceitarmos que Garden consegue navegar em todos eles de maneira singular. Talvez In My Tree em toda a história do Pearl Jam seja singular dessa maneira.

Garden é querida pelos fãs por sua musicalidade, por um solo dos mais belos de Mike McCready e pelo vocal tenso de Eddie Vedder. A virada na música a deixa um pouco mais ‘pop’, mas não tira o significado profundo e analítico que a música tem.

Garden é maior do que pensamos, em todos os sentidos.

Aqui o link para a letra traduzida de Garden.

Anúncios

2 comentários em “Análise: Garden”

  1. De fato, gosto do Pearl Jam há algum tempo, apesar de me ater às mais conhecidas. Quando me pus a escutar, de fato, sua discografia e descobri Garden…Poxa! Não tem um dia que não a escuto. Me transmite uma emoção que não sei de onde vem.
    Obrigada pela análise^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s